sexta-feira, 25 de julho de 2014

Os Nomes Chineses

Li, Wang, Yang, Zhou. Aonde quer que você vá na China pode ser que se depare com um desses nomes. Na verdade são “sobrenomes” e estão entre os dez mais comuns daqui.

Ao contrário de nós brasileiros, os chineses usam o sobrenome à frente do nome. Vou citar um exemplo: a tenista número um do país, conhecida no Brasil como Na Li, é chamada aqui de Li Na. Li é o nome de família dela (sobrenome) e Na o nome propriamente dito. E o sobrenome usado é normalmente o do Pai.

 Lǐ Nà 李娜
O pai dela se chamava Li Shengpeng (Lǐ Shèngpéng 李盛)


Outro exemplo: Xi Jinping (Xí Jìnpíng 习近平) o atual presidente da China. Xi é o nome de família (seu pai se chamava  Xi Zhongxun). O nome da mãe é Qi Xin.

Quando casam, as mulheres chinesas não costumam adotar o nome dos maridos: elas permanecem com o nome de solteiro. A mulher de Xi Jinping se chama Peng Liyuan (Péng Lìyuán, ) -  ela também não tem o sobrenome do marido. Já a única filha do casal se chama Xi Mingze (Xí Míngzé, 习明泽). Repare que ela leva o sobrenome do Pai e não da Mãe.

Ao escolher o nome de seus filhos, os chineses quase sempre procuram associar os nomes masculinos à força e firmeza, enquanto que no das mulheres são empregados diminutivos, ou nomes ligados à beleza e às flores.

Nomes femininos:
Xiaoli = Jasmim da manhã
Meili = bela
Ling – Delicada 
Hua - Flor

Nomes masculinos:
Li – Forte 
Yong – Corajoso
Hu – Tigre 


Mas no passado a coisa era mais complicada.

O terceiro Imperador da Dinastia Ming tinha como nome de nascimento Zhu Di (Zhūdì, 朱棣), onde Zhu é o nome de família e Di o nome próprio.

Zhu Di se autoproclamou Míng Chéngzǔ (明成祖 Imperador Ming) e ao ser coroado, em 1402, aos 42 anos, passou a se chamar Imperador Yongle (Yǒnglè,永樂), nome associado a seu reinado.

Antes ele também era conhecido como o Príncipe de Yan (Yàn wáng, 燕王), um título feudal do antigo estado chinês de Yan.

Ao morrer recebeu o título de Imperador Wen (Wén huángdì, 文皇帝).

São muitos nomes para uma pessoa só, não é mesmo?

Imperador Yongle.


Mas a “confusão” não parava aí.

Como era tradição, Imperadores e Imperatrizes recebiam um nome póstumo. Veja o de Cixi (Cíxǐ, 慈禧), uma concubina do Imperador Xianfeng (7° Imperador da Dinastia Qing a governar a China, de 1850 a 1861) que se tornou Imperatriz Consorte:

xiào qīn cí xǐ duān yòu kāng yí zhāo yù zhuāng chéng shòu gōng qīn xiàn chóng xī pèi tiān xīng shèng xiǎn huáng hòu

孝欽慈禧端佑康頤昭豫莊誠壽恭欽獻崇熙配天興聖顯皇后  

Numa tradução não literal, algo como:
Imperatriz admirável, bondosa, de boa saúde, sincera, de longa vida, admirada, adorada, próspera, celestial, aparência de santa...

Eles costumavam dar vários adjetivos elogiosos, mesmo quando o Imperador ou a Imperatriz não eram lá muito bonzinhos. É aquela coisa: depois que morre, vira santo!

Imperatriz Cixi.










3 comentários:

  1. como posso entrar em contato pra tirar duvidas...estou fazendo uma pesquisa para personagens de uma obra de ficção. pode me passar um e-mail?

    ResponderExcluir